Ney Matogrosso

Ney Matogrosso
Ney de Souza Pereira
Bela Vista, MS, Brasil, 1º ago 1941.

LP:
• Secos & Molhados. Continental, 1973.
• Secos & Molhados II. Continental, 1974.
• Ney Matogrosso e Fagner. Postal de amor / Ponta de lápis. Continental, 1975; compacto simples.
• Ney Matogrosso. Água do céu-pássaro. Continental, 1975.
• Ney Matogrosso. Bandido. Continental, 1976.
• Ney Matogrosso. Pecado. Continental, 1977.
• Ney Matogrosso. Feitiço. Continental, 1978.
• Ney Matogrosso. Seu tipo. WEA, 1979.

• Ney Matogrosso. Sujeito estranho. WEA, 1980.
• Ney Matogrosso. Ney Matogrosso. WEA, 1981.
• Ney Matogrosso. Mato grosso. Ariola, 1982.
• Ney Matogrosso. ... pois é. Polygram, 1983.
• Caetano Veloso, João Bosco, Ney Matogrosso. Brazil night Montreux 83 – Gravado ao vivo no 17º Festival de Montreux / Julho 83. Bossanova, 1983.
• Ney Matogrosso. Destino de aventureiro. Polygram, 1984.
• Ney Matogrosso. Bugre. Polygram, 1986.
• Ney Matogrosso. Pescador de pérolas. Sony, 1987. [ao vivo]
• Ney Matogrosso. Quem não vive tem medo da morte. CBS, 1988.
• João Carlos Assis Brasil, Ney Matogrosso, Wagner Tiso. A Floresta do Amazonas de Villa-Lobos. Kuarup Discos, 1988.

CD:
• Ney Matogrosso. Ao vivo. CBS, 1989.
• Ney Matogrosso e Raphael Rabello. À flor da pele. Som Livre, 1990. [ao vivo]
• Ney Matogrosso e Aquarela Carioca. As Aparências enganam. Polygram, 1993.
• Ney Matogrosso. Estava escrito. Polygram, 1994.
• Ney Matogrosso. Um Brasileiro. Polygram, 1996.
• Ney Matogrosso. O Cair da tarde. Polygram, 1997.
• Ney Matogrosso. Olhos de farol. Polygram, 1999.

• Ney Matogrosso. Vivo. Universal Music, 2000.
• Ney Matogrosso. Batuque. Universal, 2001.
• Ney Matogrosso. Ney Matogrosso interpreta Cartola. Universal, 2002.
• Ney Matogrosso. Ney Matogrosso interpreta Cartola – Ao vivo. Universal, 2003.
• Ney Matogrosso, Pedro Luís e A Parede. Vagabundo. Som Livre, 2004.
• Ney Matogrosso. Canto em qualquer canto. Universal, 2005. [ao vivo]
• Ney Matogrosso, Pedro Luís e A Parede. Ney Matogrosso. Vagabundo ao vivo. Universal, 2006.
• Ney Matogrosso. Inclassificáveis. EMI, 2008.
• Ney Matogrosso. Beijo bandido. EMI, 2009.

• Ney Matogrosso. Beijo bandido – Ao vivo. EMI, 2011.
• Ney Matogrosso. Atento aos sinais. Som Livre, 2013.
• Ney Matogrosso. Atento aos sinais vivo. Som Livre, 2014.
• Ney Matogrosso. Olho nu. Som Livre, 2014.
• Ney Matogrosso. Bloco na rua. Som Livre, 2019; duplo.

• Ney Matogrosso. Nu com a minha música. Sony, 2021.

Audiovisuais:
1996: Ney Matogrosso: Um Brasileiro – Ney Matogrosso interpreta Chico Buarque (Rogério Gallo).
1999: Ney Matogrosso: Vivo (Jodele Larcher).
2001: Ney Matogrosso: Batuque.
2003: Ney Matogrosso: Ney Matogrosso interpreta Cartola – Ao vivo. BR.
2004: Ney Matogrosso, Pedro Luís e A Parede – Vagabundo. [documentário das gravações]
2005: Diário de um novo mundo. BR.
2005: Ney Matogrosso: Canto em qualquer canto (Marcelo Santiago).
2006: Ney Matogrosso, Pedro Luís e A Parede: Vagabundo – Ao vivo (Gabriela Figueiredo, Gabriela Gastal, Dora Jobim). [no Olympia, São Paulo, 15 jul 2005]
2008: Ney Matogrosso: Inclassificáveis.
2011: Ney Matogrosso: Beijo bandido – Ao vivo (Felipe Nepomuceno, Renato Martins). [no Teatro Municipal do Rio de Janeiro]
2014: Ney Matogrosso: Atento aos sinais – Ao vivo (Felipe Nepomuceno). [no HSBC Tom Brasil, São Paulo, 8 jun 2014]
2019: Ney Matogrosso: Bloco na rua.